segunda-feira, 9 de julho de 2007

As vezes

  • As vezes acho que corremos atrás das pessoas erradas. As vezes tenho certeza.
  • As vezes acho que esperamos demais. Medimos demais. Tentamos mudar osoutros demais. Resistimos demais.
  • As vezes acho que palavras e sofrimento combinam.
  • As vezes acho que o que foi escrito toma vida própria, assume diferentes interpretações. E quase nunca representam a realidade do hoje.
  • As vezes acho que exageramos.
  • As vezes acho que atenção é bom.

4 comentários:

Kaya Barros disse...

É...concordo plenamente com vc.....

"Sempre precisei de um pouco de atenção
Acho que não sei quem sou
Só sei do que não gosto" [R.Russo]

engraçado...tem dias em que eu chego aqui e PIMBA!, tem uma frase que resume meu dia ou algum dilema interno meu.

O negócio é tentar mudar certas coisas, né... mudar é um aprendizado mto árduo e gera bastante desconforto mtas das vezes...

=***********************

www.livre-essencia.blogspot.com

Lyani disse...

Nossa que bonito DZ!
E concordo...

As vezes exageramos...
E as vezes esperamos demais.

Ah, hoje eu vi uma loja no shopping chama DZ! rs

Quase tirei uma foto com o celular pra te mostrar...
Bjos

Flavia disse...

Ah, mas eu sou o exagero em pessoa. Eu espero demais. Eu penso demais. Eu sofro demais. Eu escrevo demais. Eu sonho demais.

Uma vez eu estava criando um msn pra a Elektra, a personagem, e descobri que tem um lugar na Grécia que se chama "Drama". Desde desse dia eu adotei o lugar pra mim... acho que nasci lá...

Saudade disse...

Às vezes morremos demais, e quando renascemos... assumimos novas defesas que nos salvam do que está fora, mas matam-nos por dentro...


E agora o reverso:

Às vezes é preciso morrer, para sentir de novo o calor do sol, e assumir um novo renascimento...


O subjacente comum:

Independentemente das duas, nunca estamos a salvo de novos e mais profundos abismos, somente na nossa mente... mas nem assim temos a garantia de um paraquedas... antes de mais e acima de tudo, temos o conhecimento, quanto mais não seja a nossa própria experiência...