segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Sinos do Passado ou Écos do Futuro

Poxa poxa, por quê alguns fantasminhas voltam a nos visitar periodicamente? Será que não sentem que não são bem vindos? Será que ainda não aprederam que a regra imposta por eles será seguida? (coisas mais que enterradas diga-se de passagem).

E tempo não existe esta semana no meu vocabulário. Só não trabalho mais por simples exaustão física (ou sinais de, afinal, tenho conhecimento suficiente para saber meus limites...).

As frases coletadas ou marcadas ainda não foram "validadas" (verificar exatidão na múscia ou localiza-las novamente em meio às páginas do livro), por tanto ainda não pude postar.

E seguimos reunidos :)

PS: o primeiro parágrafo está intencionalmente infantilizado e não demonstra exatamente a impressão que possa ser entendida. Ou seja, é um desabafo sem maior relevância e propositadamente truncado.

PPS: a culpa não é minha se o post fica grande, eu tento faze-los o mais resumidamente possível, ainda mais quando não há assunto específico.

PPPS: legal o titulo né? Eu me orgulho muito da minha criatividade, hehe (e automotivação nunca foi o meu problema).

7 comentários:

dZ disse...

Certo, me senti na obrigação de explicar-me:

1 - tentei manter contato, ser amigo, estar presente.

2 - Foi sistematicamente rechaçado, e cortado. Não respondido e substituído.

3 - Nem virtualmente (orkut, multiply, e-mail) quiseram manter contato.

4 - Mais pela atitude que pelo passado, "me queimei".

5 - Resolvi seguir uma daquelas inúmeras dicas de auto-ajuda que te mandam seguir em frente sem olhar pra traz nem se arrepender do que faz (essa musica é muito legal, hehe).

6 - Honro meus compromissos assumidos, sem ponderar se justos ou não.

7 - Deixer de ler outros (certos) blogs e flogs, ver perfis ou recados. Espero que este ato falho mantenha-se igualmente independente.

8 - Me irrito com a presença de certas pessoas em area territorial próxima, mas nem por isso tomo qualquer atitude.

9 - E ainda ligam para que EU resolva o problema? E ainda dizem que tem correspondência?

10 - VA PRA PQP. Não to de bom humor, não me provoque, Humpf.

PC: isso tudo é só tipo, por mais que eu fique chateado com a atitude da distância, por algum motivo que não compreendo não sinto um rancor clássico.

PPC: preferia realmente manter maior distância, já que assim quiseram no início. Falar é lembrar, sempre!

PPPC: quando digo fantasma e enterrado, refiro-me a passado distante, sem qualquer relação com ciclo de maizades (virtual ou material, hehe) atual.

PPPPC: se você leu atpe aqui, poxa, te admiro. Eu não teria tanto empenho, hehe.

PPPPPC: PC seria algo como "post coment", and so long.

Pensamentos Soltos disse...

Eu li... não sei o porquê, mas eu li. E que bom que explicou o PC, porque foi imediato o potno de interrogação na minha cabeça quando eu li... hehe

Dani disse...

A explicação é maior que o post... e mais divertida também...

Di disse...

Eu li tudinho, depois de tantos blogs, nem preocupo mais com o tamanho dos meus posts.

Ah, vou tomar a liberdade de te adicionar no orkut. :)

Lyani disse...

O.O

Li tudo.
Primeira vez que vejo vc se expressando dessa forma!

Bem... fiquei sem palavras!
Espero que esteja tudo bem, e vou tentar aparecer no msn a noite amanhã pra gente prosear!!!

Ah, não some do meu blog não, eu sinto falta!! ^^

Beijão

dZ disse...

ta tu ta bem :)

Isabella disse...

Ahaha
Sabe o que ta parecendo??
As falas de Grey´s Anatomy rsrsrs.

relax!!
Love is on your way.I hope so.


bjs