domingo, 18 de maio de 2008

Viagens

Embora a idéia do GPS (global position system, para os que querem saber tudo :P) ainda seja muito importnate e cada vez mais viável e disponível, eu confeço que com o Google Earth e seus serviços acoplados aos mapas das cidades (sempre uso do terra e do uol) dão de ante mão muito mais informações para os menos capacitados como eu.

Como deixei pouco claro anteriormente, na ultima sexta-feira a tarde foi para Araucária (reunião de trabalho), cidade da região metropolitana de Curitiba (temos ainda Pinhais, Colombo, São José dos Pinhais, Campo Largo, Quatro Barras, Campina Grande do Sul, dentre outras que não me ocorrem no momento). Na verdade já estive la em diferentes ocasiões, então o risco de me perder não era no macro, mas no específico, o que foi facilmente sanado com a opção "carona".

Fora este detalhe geográfico, estou estranhamente tranquilo mesmo com a habitual sobrecarga de trabalho, com o passado batendo à porta com informações desnecessárias (algumas pessoas falam demais na verdade) e outros detalhes enfadonhos da vida que não cabem serem registrados aqui.

PS: ado, ado, cada um no seu quadrado...

3 comentários:

Ana Luisa disse...

Oh meu amigo lindo!!!
Realmente, se cada um ficasse no seu quadrado o mundo seria melhor..rs.
Com relação ao passado "voltar" através da música, é ela tem esse poder e isto é fato, infelizmente existem acordes que nos remetem a situações extrememnte desagradáveis, ou não.

Mil beijinhos.

poetriz disse...

Ainda acho que a graça de não se saber exatamente como chegar e onde ir é conhecer a paisagem.
Tb não sou adepta (ainda) do tal gps. E tb consulto guia de ruas e mapas há tempos, e sempre me virei bem com eles.
Não sei quanto a você, mas eu me afundo no trabalho quando não quero pensar em mais nada. Especialmente no passado que insiste em ressucitar das cinzas.

Bjs

Gracyelly disse...

Ainda uso um modelo de GPS mais antigo: "Oi, por favor, vc sabe me informar como chego a Rua Araguaína?" Um dia conto os nomes das cidades próxima da minha tá? Se está tranquilo com algo q antes te incomodava, isso ñ pode ser considerado um bom sinal?