sábado, 7 de junho de 2008

Caneta

8 comentários:

ocasodoacaso disse...

Há sempre possibilidade de editar a história.
Mesmo que o final não seja tão feliz.

poetriz disse...

E se o caderno é seu, arranca a caneta dessa pessoa que inventou mais coisas na história e vira a página!
Afinal, o nome do autor que segue na capa é o seu, o único responsável pelo sucesso ou não da história!

Bjs!

Aline disse...

O lance é não dar a caneta, ou se der, fzr sempre revisão dos escritos.

Bjm

Anna Flávia disse...

o amor nos faz baixar a guarda. ficamos vulneráveis. mas eu amo. =)

Anna Flávia disse...

x)

Ana Luisa disse...

Infelizmente histórias de amor são escritas à dois, o que normalmente nos faz perder o dito controle, mas há uma saída..se a história tomar um rumo indesejado ou tiver acrescentado personagens indevidos, podemos arrancar a página.
Por mais que a tal página faça falta em algum momento de nossa vida, vai ser melhor ficar sem ela..rs.

Mil beijinhos!!

Vanessa disse...

Quando aprendemos a escrever, a professora segura nossa mão e nos ensina o traçado. Com o amor deveria ser igual, ambos segurando a caneta e vendo a melhor forma de escrever( e o que escrever, claro!.
As vezes também esquecemos que podemos mudar a caneta de mão...para alguém que queira escrever um historia com a gente.
bjsss

Lyani disse...

Nossa... O.o
Belíssima citação... sem maiores comentários...