segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Rede Religiosa de Matriz Africana do Subúrbio

[...] magia africana, passada de geração em geração há milhares de anos, que manipula os elementos da natureza para nos equilibrar diante dela e nos religar a ancestralidade, lembrando que a humanidade surgiu na áfrica.


Porque o contraditório e a ampla defesa não são apenas termos jurídicos para protelação e anulações, e sim direitos que a mídia ignora...

Um comentário:

poetriz disse...

Não condeno a religiosidade.
Mas todo excesso é perigoso...

Bjs