sábado, 31 de março de 2007

Grilhões

Cheguei a algum tempo a uma conclusão simples: vivo do passado.

São imagens que se sucedem.

Mas não é tão ruim quanto parece. Estava ontem, hoje não.

E teimo em achar que amanhã será melhor: "a escuridão ainda é pior que essa luz cinza".

E meu pimenteiro cresce, ao menos.

Piper

Um comentário:

Flavia disse...

Vive do passado? É canceriano também? Se for, bem vindo ao time... rs...

Eu tinha uma pimenteira, porque diziam que ela tirava o mau-olhado. E incrivelmente, quando eu levei pro meu antigo trabalho, ela secou no dia seguinte como se tivésse passado a noite inteira num sol esturricante...