domingo, 10 de junho de 2007

Ética e relações

Eu iria me abster quanto a comentários políticos, mas...

Lícito ou não, questiono as boas intenções de uma profissional com curso superior que, como amante de um senhor influente, engravida e cobra R$ 12.000,00 como pensão a seu filho. E quando o momento torna-se oportuno, vem a público denunciar o que sempre achou suspeito quanto às relações de tal político com empresários.

Voltando ao meu mundinho provinciano, hoje cheguei a conclusão que talvez eu queira demais. Que ensino ou titulação não são necessáriamente sinônimos de inteligência ou "esperteza". Que nem sempre tenho a mesma perspectiva que meus amigos.

E que existem hiperativos e hiperativos.

2 comentários:

Flavia disse...

E tb existem os ignorantes! =P

Lyani disse...

Oieeeeeeeeee
Eu mudei tudo de novo...rs =)
Anota aí meu novo endereço!!!!
Bjokassss

E realmente, um absurdo a pensão!!!