sábado, 21 de novembro de 2009

Sobre passados dois anos, pensamentos e comidas

Muito divertido ler coisas de alguns anos atrás (que você escreveu, no caso). Felizmente os comentários à postagens antigas e o aviso em e-mail ajudam a redescobri-las.

Hoje vi o que ou como pensava em fevereiro de 2007, mas especificamente ao susto e incertezas ao pensar que, remotamente, "teria" que parar de comer carne.

Na verdade, fazemos escolhas sempre, e só nos assustamos quando elas se tornam um pouco mais conscientes e planejadas. Não temos obrigações, apenas caminhos e consequências, estas que julgamos inicialmente boas ou más. Com o tempo e com os desdobramentos, o "todo" mostra-se diferente, e assim muda também o conceito que fizemos de bom ou mau. Já ouvi do professor DeRose que "mau é o nome que se dá à semente do bem", ou algo assim.

Acho divertido ver o mundo girar...

3 comentários:

Vanessa disse...

É! O tempo passa.

Mas sobre escolhas...eu acho que elas são obrigatórias, nós obrigatóriamente teremos que escolher uma das opções que tiver. Apesar de nem sempre termos as opções que queriamos.

;)

dZ disse...

Sempre existe uma terceira opção :P

poetriz disse...

Escolhas, consequências, arrependimentos. Houve algum?
Se tudo caminha em paz, foram boas escolhas.


Bjs!